Desastres no Brasil

Os municípios em situação de emergência

Metodologia

Fonte e escopo

A partir do acompanhamento realizado pela Política Por Inteiro dos atos públicos relacionados à política de clima e meio ambiente no governo federal são monitoradas as declarações de emergência dos municípios brasileiros publicadas no Diário Oficial da União (exemplo).

Se a situação de emergência foi declarada pelo Governo Estadual e reconhecida pelo Governo Federal, o município é adicionado a este levantamento e terá direito à liberação de recursos específicos. Municípios podem ser contabilizados mais de uma vez, inclusive dentro do mesmo mês, a depender do número de declarações.

O número total mais fidedigno de declarações encontradas é de 2021 e 2022. A metodologia está sendo revisada e a base de dados está sendo expandida para contemplar os anos anteriores.

Uma outra fonte equivalente de dados é o Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), que foi analisado e preterido por apresentar menor estabilidade e maiores dificuldades para a obtenção das informações.

Dados abertos

Baixe aqui os dados dos desastres no municípios brasileiros desde 2019, em formato CSV.

Frequência de atualização

O processo de coleta, tratamento e armazenamento dos dados é realizado pela Política Por Inteiro semanalmente às sextas-feiras, e a visualização acima é atualizada às 11h.
Além desta página contendo todos os dados, mapas consolidados de desastres são publicados de forma semanal e mensal, juntamente com a análise de todos os atos do executivo relevantes para a política climática no Brasil.

Classificação

Os desastres são publicados nos diários oficiais de acordo com a Classificação e Codificação Brasileira de Desastres (Cobrade), da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Cada município entra no banco de dados da Política Por Inteiro com uma coluna “desastre”, contendo por exemplo, “Chuvas Intensas – 1.3.2.1.4”, ou “Estiagem – 1.4.1.1.0”.

Para fins de facilitar a leitura e a visualização dos dados, os desastres foram classificados em 5 grupos, de acordo com a similaridade e a frequência encontrada na base de dados:

  • Estiagem
  • Seca
  • Tempestade (Chuvas intensas, Tempestade local, Granizo, Vendaval, Tornados…)
  • Inundação, Enxurrada e Alagamento
  • Outros (Geada, Erosão Costeira/Marinha, Incêndio Florestal, Rompimento/colapso de barragens, …)

Tem dúvidas ou sugestões?

Escreva pra gente: dados@politicaporinteiro.org